o que é cuidado paliativo?

A palavra paliativo, deriva do latim pallium, que significa manto ou cobertor. Na época das Cruzadas, os cavaleiros recebiam este manto – pallium – para protegê-los das intempéries do caminho na longa jornada. o termo ficou estigmatizado em nossa cultura. Há uma grande resistência em relação aos cuidados paliativos, que são vistos como cuidados secundários, pouco importantes, ou até aquele cuidado que o paciente não quer recber porque pensa que se é paliativo, não é a cura, então não serve.
Pela definição da Organização Mundial de Saúde, em 2002, Cuidados Paliativos são: “Cuidado dirigido a pacientes e familiares quando diante de uma doença ativa e progressiva, que ameace a continuidade da vida. Tem como objetivo de prevenir e aliviar o sofrimento e melhorar a qualidade de vida.”. Em nenhum momento o foco é deixar de cuidar, ou só cuidar nos últimos momentos de vida.
Os cuidados paliativos atuam nas necessidades do paciente e de sua família, comprometendo-se a avaliar e tratar os sintomas físicos de desconforto, como dor, fadiga, cansaço, falta de ar e outros que possam causar sofrimento e piora da qualidade de vida.
Em um artigo publicado em agosto de 2010 na revista The New England Journal of Medicine foi demonstrado que pacientes com câncer de pulmão metastático que recebem cuidados paliativos precocemente apresentam menor índice de depressão e melhor qualidade de vida, sobretudo vivem mais tempo.
Cuidado Paliativo precisa ser bem compreendido para ser usufruído pelos pacientes e familiares. Dessa forma a vida é mais bem cuidada.